Monthly Archives: Outubro 2010

A esquerda, a direita, a partidarite e as pessoas que preferem pensar por elas

Com este extremar de posições entre o Partido Socialista (PS) e o Partido Social Democrático (PSD), tenho alguma dificuldade em apresentar o meu ponto de vista mais moderado junto de quem toma as dores quer do PS, quer do PSD.

As dificuldades são acrescidas quando se ignora por completo que uma discussão política tem por objectivo enriquecer as partes envolvidas no entendimento comum da questão no sentido de obter a melhor solução.

As dificuldades estão neste momento em entender no meio dos jogos de argumentos falaciosos qual é realmente o objectivo que satisfazia os outros participantes da discussão.

Uma discussão política não é um mero exercício de argumentação em que uma das partes ganha. Entendo como o contrário se torna em algo bastante mais palpável que “enriquecer as partes envolvidas no entendimento comum da questão” por se traduzir em votos no sistema partidário, mas os resultados eleitorais em que ganha mais votos aquele partido que maior numero de argumentações falaciosas ganhou transformam e deturpam a democracia.

O estado actual da discussão política está a deformar o sistema democrático num sistema falacioso não de força
da razão, mas da razão da força.

Jornalistas, Politicos, ajuste directos e outras casmurrices

Jornlistas, blogueiros e Twitteiros ficaram excitadissimos com os ajustes directos de uma entidade do estado que descobriram na Internet. Fala-se principalmente dessa e nem uma palavra sobre as restantes.

Para quem não sabia, o Base, que como o Paulo Querido diz e bem, os jornalistas casmurros só agora descobriram na Internet ao fim de quase 2 anos, só foi possível pela casmurrice de políticos, juristas e técnicos, todos pagos pelos nossos impostos e a cumprir com a vontade Política e Legislação desses mesmos políticos da anterior legislatura

Existe um segundo site, feito da carolice e vontade de defensores do software livre chamado Transparencia-Pt, mas que só é possível porque usa os conteúdos registados no Base ao abrigo do novo Código de Compras Publica e respectivas portarias.

Os jornalistas, como não está em nenhum Press Release, ninguém os convidou para nenhum beberete, nem nenhuma máquina de comunicação partidária os acicatou, não se vão lembrar que os políticos casmurros de que falo são José Sócrates e Mario Lino, de quem preferem lembra-se apenas para os acusar de roubar a coisa publica.