A bola é redonda para todos, Professor Queirós

O futebol e a discussão futeboleira portuguesa, não são coisas que me incomodem ou me façam pensar duas vezes.

A Selecção Portuguesa de Futebol é desculpa para patuscadas lá em casa e o Benfica para dizer umas asneiradas com os colegas.

Dispenso os Donos do Jogo, a Frente de Ataque, os jornais diários desportivos e as escolhas de roupa do Rui Santos.

Não me meto nestas tricas de desporto, mas Professor Carlos Queirós:

  • Se acusa o dirigente da sua entidade empregadora de coisas que não consegue provar; e
  • Se insulta os membros da equipa de fiscalização da sua actividade.

não acha que despedimento por justa causa é pouco?

Talvez a medida certa fosse o processo civil por difamação e mais qualquer coisinha pelas palavras proferidas aos elementos da brigada anti-doping.

Deixar uma resposta