Aos Deputados da Nação

Já é mau que chegue que os deputados batam com a mão na bancada enquanto um Ministro fala.

Já é deselegante que baste que façam cenas de menino de escola discutindo com o Presidente da Assembleia da Republica se o que estão a fazer é ou não regimental.

Já não há nada mais que me entristeça para além de um Ministro fazer corninhos para um deputado a meio da intervenção de outro.

Já é feio um deputado chamar nomes a outro enquanto um terceiro discursa e terminarem com promessas de “vamos lá para fora”.

Já está errado uns deputados irem fazendo claque com “muito bem!” e “assim mesmo!” sempre que discursa o colega de bancada, enquanto os das bancadas opostas respondem com indignados “xiiii!” ou “mentira!”.

Já não fica bem a deputadas de uma certa idade chamar palhaço a um deputado de outra bancada.

Elevar isto tudo ao estatuto de Regimento da Assembleia da Republica ao afirmá-lo como sendo “bocas regimentais” é passar dos limites.

Mas aquilo é o quê?! Uma praça do peixe?! Uma sala de sexo ao vivo?!

Se a conduta dos representantes do povo nada tem a ver com o estatuto que se lhes atribuíu, só estamos a justificar a mudança de regime.

Tenham juízo.

Portem-se educadamente.

E não dêem razão a ninguém para assumir um poder que não é dele por falhas vossas.

3 thoughts on “Aos Deputados da Nação”

  1. Pingback: Simplifique » Blog Archive » Pressões, politicos, jornalistas e outras trapalhadas

Deixar uma resposta