O volante da nação e os sucessivos taxistas

A Democracia é assim: vamos todos no mesmo carro. Dividimos a despesa para alguém o guiar.

Quem vai ao volante calca no acelerador como se não houvesse amanhã, enquanto vocifera que todos os outros condutores são uns incapazes.

Este país é um taxi e os sucessivos governos os taxistas que nos levam ao nosso destino pelo caminho mais longo.

A quantidade de gente que quer chegar ao volante é a prova que não sabemos fazer contas.

A analogia é de merda, mas ilustra o sentimento geral.

Deixar uma resposta