Bom senso e senso comum para a gestores de projectos

As actividades de gestão de projectos são aos olhos de um gestor de projectos experimentado um conjunto de óbvios. Estes óbvios poderão ser confundidos com bom senso ou senso comum.  

O bom senso e senso comum não fazem um bom gestor de projectos. Tanto o bom senso como o senso comum não passam de convenções restritas a grupos com a mesma origem, vivência em período comum e formação comum. 

Mesmo garantindo a origem, esta não garante as convenções para além de um período curto. As religiões tentam controlar estes pontos tentando garantir a imutabilidade da doutrina, mas até estas são alteradas ao longo dos anos e para populações específicas.

As convenções de bom senso ou senso comum, sendo válidas para populações e períodos restrictos, não podem por isso e por si só garantir um bom seja o que fôr, pelo que também não garantirão um bom gestor de projectos.

Deixar uma resposta