Ervilhas com ovos escalfados

As ervilhas no tacho já com os ovos. Daqui a 1 minuto é por no prato.Aqui está mais um prato que as crianças dispensão na sua ementa, mas pela qual os adultos se pelam: Ervilhas com ovos escalfados.

Tal como as favas à lisboeta, podem juntar algum arroz branco à refeição para que as crianças almocem. A minha mãe a nós dizia-nos: “Se não gostas, comes mais.”

Viviamos num passado em que dizer que não se gostava de um qualquer prato não era boa educação. E ainda bem.

As ervilhas como as favas têm a sua época no ano, mas com estas como com as favas o que conta é comprá-las frescas para as poder apreciar e armazenar com essa sua frescura.

Os ingredientes para 4 pessoas:

  • 1 kg de ervilhas (sem casca)
  • 1/2 cebola média
  • 2 dentes de alho
  • 1 chouriço de carne
  • 1 chouriço mouro
  • 1 farinheira
  • 150 gm de entrecosto
  • 4 ovos
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 dl vinho tinto
  • 1 ramo de coentros
  • Rama de cebola

Cá em casa, que somos uma cambada de gulosos, cozinhamos logo duas farinheiras na esperança que sobre para juntar a uns ovinhos mexidos de petisco.

A ciência é pouca:

  1. Pico a cebola para dentro do tacho com o azeite e junto o alho e a rama de cebola;
  2. Junto os chouriços cortados às rodelas, o entrecosto cortado aos bocados toscos e a farinheira;
  3. Junto o entrecosto e ligo o lume.

Para que não rebente, mas deixe sair o seu molho, faço pequenos furos com a ponta da faca na farinheira.

A rama de cebola que junto é um aproveitamento, como outras coisas na cozinha. Da cebola com rama corto a parte mais tenra que congelo para estas ocasiões.

O primeiro apertão inicial não é um refogado propriamente dito, mas vai permitir as carnes deixarem os seus molhos temperar naturalmente tacho.

Retiro a farinheira para fora para juntar as ervilhas e o vinho, e volto a colocar a farinheira no tacho. Não ataquem as ervilhas dentro do tacho com uma colher. Elas desfazem-se e perdem toda a graça. Revolvam o tacho com ou sem tampa,

Quando levanta fervura, baixo o lume e tapo para aproveitar os vapores.

Vou volteando o tacho para que cozinhem igualmente, sempre retirando e voltando a pôr a farinheira para que fique por cima. Perto do fim, junto o raminho de coentros.

No fim, quando as ervilhas estam cozinhadas, retiro a farinheira pela última vez e coloco os ovos para escalfar. Pessoalmente prefiro os ovos mal passados, por isso em menos de 1 minuto está pronto a servir. E é isto.

Corto a farinheira à parte para dividir e sirvo com pão de centeio, muito pouco arroz branco e vinho tinto. Um Monte Velho ou outro alentejano razoável.

[flickr album=72157621917197432 num=30 size=Small]

One thought on “Ervilhas com ovos escalfados”

  1. João Paulo Pacheco

    Mas que maravilha, já se comia uma boa pratada e então esse vinho é a companhia perfeita.
    Vou ter de mostrar isto à minha Maria para fazer he he he

    Obrigado e bom proveito 😉

Deixar uma resposta